Constitucionalismo - parte 5

Publicado em Comunicados

Aula 05 - As 3 etapas do "Ideário da Revolução de 64". A eficiência da Guerra de Inteligência contra o Comunismo.  A Inteligência das Forças Armadas subsidiando a Polícia Federal. O reconhecimento de crime por parte da Câmara dos Deputados e sua composição na prática dele. A decadência do poder legislativo. O histórico de golpes do vice no presidente ao longo da República, encerrado na Constituição de 1988 pelo mecanismo nela inserido com nossa participação junto com o Professor Afonso Arinos e o Dr.Ulysses Guimarães: em mandato único, com dois cargos. O artigo 79 e a semântica jurídica da sucessão presidencial. O caso "Collor". A indicação e posse do Presidente interino e as Forças de Segurança Pública e Segurança Nacional. 

 


Celio Evangelista Ferreira do Nascimento - jurista constituinte.

Graduações acadêmicas e doutorados: Direito, Economia, Sociologia, Política, Comunicação, Propaganda, Ciência das Religiões, Estratégias Ideológicas e Administração de Ideias,  Psicanálise, Engenharia Financeira e Tributária.


Leia também: As Super Potências com o BrasilMensagem do Gen Ex Mourão no Grande Oriente do Brasil em BrasíliaCélio, a Constituição e as Forças Armadas  e  Operações da Polícia Federal.

Fonte: montedo.com

Leia mais ...

Constitucionalismo - parte 4

Publicado em Comunicados

Aula 04 - A Intervenção Constituinte no Processo Histórico. Presidente Geisel e a missão de "abertura" da imprensa. O papel das Forças Armadas na Intervenção.  A Nação em Foro de Soberania contra o golpe de Estado. Atuação na Guerra Fria, destruição da Cortina de Ferro e dissolução da União Soviética (URSS). A requisição do Gen Ex Antonio Hamilton Martins Mourão para o comando da Intervenção Constituinte.

 


Celio Evangelista Ferreira do Nascimento - jurista constituinte.

Graduações acadêmicas e doutorados: Direito, Economia, Sociologia, Política, Comunicação, Propaganda, Ciência das Religiões, Estratégias Ideológicas e Administração de Ideias,  Psicanálise, Engenharia Financeira e Tributária.


Leia também: A requisição do Gen Ex Antônio Hamilton Martins MourãoCélio, a Constituição e as Forças Armadas  e  Operações da Polícia Federal.

Leia mais ...

Constitucionalismo - parte 3

Publicado em Comunicados

Série de aulas e esclarecimentos sobre o Constitucionalismo que produziu a Constituição Federal de 1988.


Aula 03 - A civilização brasileira e os princípios cristãos.  A decadência da Suprema Corte, como Oráculo do Povo  no exercício direto do Poder. A natureza religiosa do Estado brasileiro. A reação de Cidadania iniciada em 2004.  O Persecutório Institucional de Estado e o desempenho da Polícia Federal. A transformação, do Armagedom armado pelo PT, em caso de Polícia.

 


Celio Evangelista Ferreira do Nascimento - jurista constituinte.

Graduações acadêmicas e doutorados: Direito, Economia, Sociologia, Política, Comunicação, Propaganda, Ciência das Religiões, Estratégias Ideológicas e Administração de Ideias,  Psicanálise, Engenharia Financeira e Tributária.


Leia também: Célio, a Constituição e as Forças Armadas  e  Operações da Polícia Federal.

Leia mais ...

Constitucionalismo - parte 2

Publicado em Comunicados

Série de aulas e esclarecimentos sobre o Constitucionalismo que produziu a Constituição Federal de 1988.


Aula 02 - Os poderes constitucionais. A natureza espiritualista da Constituição da República de 1988 e a Dignidade da Pessoa Humana, como alicerce da civilização brasileira.  A perenidade da Pátria nas Forças Armadas. O jurista, constitucionalista e cientista político e sua atuação na elaboração da Carta Dogmática.

 


Celio Evangelista Ferreira do Nascimento - jurista constituinte.

Graduações acadêmicas e doutorados: Direito, Economia, Sociologia, Política, Comunicação, Propaganda, Ciência das Religiões, Estratégias Ideológicas e Administração de Ideias,  Psicanálise, Engenharia Financeira e Tributária.


Leia também: Célio, a Constituição e as Forças Armadas.

Leia mais ...

DECLARAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS À NAÇÃO

Publicado em Comunicados

A História, a escola e a vida ensinam identificar-se o soldado não pelas suas divisas, não pelos seus galões e nem mesmo pelas suas armas, mas, pela pergunta: “Diga-me quem é teu comandante e direi que soldado você é.” E a sabedoria popular adverte que: “Os iguais se atraem, se completam e se realizam.” Por isso, é insuperável o princípio universal de Direito Penal: “Quem, de qualquer modo, se ajunta ao criminoso na prática do crime ou para ele concorre, se faz parte nas respectivas consequências.”


Leia mais ...
Assinar este feed RSS
Log in