Constitucionalismo - parte 5

Publicado em Comunicados

Aula 05 - As 3 etapas do "Ideário da Revolução de 64". A eficiência da Guerra de Inteligência contra o Comunismo.  A Inteligência das Forças Armadas subsidiando a Polícia Federal. O reconhecimento de crime por parte da Câmara dos Deputados e sua composição na prática dele. A decadência do poder legislativo. O histórico de golpes do vice no presidente ao longo da República, encerrado na Constituição de 1988 pelo mecanismo nela inserido com nossa participação junto com o Professor Afonso Arinos e o Dr.Ulysses Guimarães: em mandato único, com dois cargos. O artigo 79 e a semântica jurídica da sucessão presidencial. O caso "Collor". A indicação e posse do Presidente interino e as Forças de Segurança Pública e Segurança Nacional. 

 


Celio Evangelista Ferreira do Nascimento - jurista constituinte.

Graduações acadêmicas e doutorados: Direito, Economia, Sociologia, Política, Comunicação, Propaganda, Ciência das Religiões, Estratégias Ideológicas e Administração de Ideias,  Psicanálise, Engenharia Financeira e Tributária.


Leia também: As Super Potências com o BrasilMensagem do Gen Ex Mourão no Grande Oriente do Brasil em BrasíliaCélio, a Constituição e as Forças Armadas  e  Operações da Polícia Federal.

Fonte: montedo.com

Leia mais ...

Constitucionalismo - parte 4

Publicado em Comunicados

Aula 04 - A Intervenção Constituinte no Processo Histórico. Presidente Geisel e a missão de "abertura" da imprensa. O papel das Forças Armadas na Intervenção.  A Nação em Foro de Soberania contra o golpe de Estado. Atuação na Guerra Fria, destruição da Cortina de Ferro e dissolução da União Soviética (URSS). A requisição do Gen Ex Antonio Hamilton Martins Mourão para o comando da Intervenção Constituinte.

 


Celio Evangelista Ferreira do Nascimento - jurista constituinte.

Graduações acadêmicas e doutorados: Direito, Economia, Sociologia, Política, Comunicação, Propaganda, Ciência das Religiões, Estratégias Ideológicas e Administração de Ideias,  Psicanálise, Engenharia Financeira e Tributária.


Leia também: A requisição do Gen Ex Antônio Hamilton Martins MourãoCélio, a Constituição e as Forças Armadas  e  Operações da Polícia Federal.

Leia mais ...

As SUPER POTÊNCIAS com o Brasil: entenda!

Publicado em Comunicados

Pra alguns relembrarem; pra outros saberem; e todos juntamente compreenderem.


1. "Como sempre venho explicando, a INTERVENÇÃO não é revolução, e sim, um PROCEDIMENTO CONSTITUCIONAL em FORO DE SOBERANIA, como uma ação judicial. Não tem contraditório, mas sofre a legitimidade democrática, sobre a qual a nossa Constituição e o mundo livre são rígidos. Além disso quando ela denunciou sobre um corpo de delito inquestionável, nos foros internacionais, que o terrorismo se deslocou do Afeganistão e do Iraque para o Brasil, onde é comandando por Michel Temer, a intervenção se tornou QUESTÃO DE INTERESSE da SEGURANÇA PLANETÁRIA e ai, as super potencias se envolveram com a gente e a ação se fez da humanidade sob liderança do povo brasileiro. E ai, foi como uma demanda entre dois particulares se transformar em interesse nacional. A amplitude acarretou demora. Porque, em lugar do contraditório processual, se tem a dinâmica política do inimigo, a ser esgotada e ele resultar inequívoco em autoria, materialidade, culpabilidade e dolo. Por isso, é tarefa para a inteligência militar, policial e ministerial juntas, como foi e está se concluindo". 06/05/2017.
2. "OPERAÇÃO LAVA JATO, INTERVENÇÃO, CARNE FRACA, SATIAGRAHA, ETC, SÃO TUDO UMA COISA SÓ!" 04/06/2017.

 

 Foto: GLOBO.

Porta Aviões USS George Washington na Baía da Guanabara em 2015.


Leia também "Celio, a Constituição e as Forças Armadas".

Leia mais ...

APRESENTAÇÃO: CÉLIO EVANGELISTA

Publicado em Autores

Célio Evangelista, aportado aqui pela confluência dos tempos entre a Civilização Conciliatória em superação e a Civilização Nova Matriarcal que está emergindo com a Nova Era, há 50 anos empreende a disseminação das inspirações intelecto-espirituais do progresso no processo de desenvolvimento evolutivo da humanidade, objetivando o seu congraçamento moral universal como essência fundamental para a harmonia necessária à realização da finalidade da espécie, de procriar e sobreviver pelo meio ambiente existencial que ela construiu sobre si.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS
Log in